Categorias da Narrativa

Texto narrativo

  • Introdução (apresenta as personagem; situa a acção no tempo e espaço)

  • Desenvolvimento (Através das ações das personagens, constrói-se a trama e o suspense que culmina no clímax)

  • Conclusão (Existem várias maneiras de se concluir uma narração. Esclarecer a trama é apenas uma delas)

 

 Categorias da Narrativa

Visita o site:
http://www.slideshare.net/Mariazinha/categorias-da-narrativa-412346 
 

Acção

Intrigas:

Relevo:

  • Principall - constituída pelos acontecimentos principais.
  • Secundária - constituída pelos acontecimentos menos relevantes.

Estrutura:

  • Encadeamento - as sequências encontram-se ordenadas cronologicamente.
  • Encaixe - uma sequência é encaixada dentro de outra.
  • Alternância - várias sequências vão sendo narradas alternadamente.

Momentos:

  • Situação inicial / Introdução - introdução, onde se apresentam as personagens etc.
  • Desenvolvimento - desenrolar do enredo, conduzindo ao desenlace.
  • Desenlace - conclusão.

Delimitação:

  • Aberta - o desfecho da história fica em suspenso.
  • Fechada - o desenlace é definitivo, conhecendo-se o destino de todas as personagens.

 

Espaço

  • Físico- lugar onde se desenrola a acção.
  • Social - meio ambiente onde a acção decorre.
  • Psicológico - refere-se ao interior das personagens.

 

Tempo

  • Cronológico (da história) - sucessão cronológica dos acontecimentos
  • Histórico - corresponde à epoca ou ao momento em que decorre a acção.
  • Psicológico - tempo vivido pela personagem, de acordo com o seu estado de espirito.
  • Do discurso - corresponde ao tempo em que a história é escrita.

    Ordem temporal (ordem linear - isocronia; ordem não linear - anisocronia: analespse / prolepse)

    Ritmo temporal (relação entre a duração da história e o nº de linhas/páginas -> isocronia / anisocronia)

 

 

 Personagens

Relevo:

  • Principal - papel preponderante, no qual é o centro da acção.
  • Secundária - papel de menor relevo, auxiliando a personagem principal.
  • Figurantes - não intervêm directamente na acção, servem como uma "decoração".

Composição:

  • Modelada ou redonda - comportamento altera-se ao longo da acção.
  • Plana - mantém sempre o mesmo comportamento.
  • Tipo - representa uma estrutura social ou um grupo.

Processo de caracterização:

  • Directa
  1. autocaracterização - feita pela própria personagem.
  2. heterocaracterização - feita pelo narrador ou outra personagem.
  • Indirecta - deduzida pelo leitor.

 

 

Narrador

  • Autodiegético - quando é personagem principal.
  • Homodiegético - quando é personagem secundária.
  • Heterodiegético - quando é uma personagem exterior à acção.

 

Narratário

 Entidade fictícia: o narrador está para o narratário (assim como o autor está para o leitor)

 

Modos de apresentação

- Diálogo

- Monólogo

- Descrição (verbos no pretérito imperfeito, adjectivação)

- Narração (verbos no pretérito perfeito)

 

Discurso directo, indirecto ou semidirecto

- Discurso directo (transcrição fiel das falas dos personagens: verbo declarativo: (parágrafo) - )

- Discurso indirecto (reprodução da fala por outra identidade

- Discurso semidirecto ou indirecto livre (parecendo directo, não apresenta marcas gráficas características e sendo indirecto não utiliza o verbo declarativo e a conjunção)

 

Transformações do discurso directo em indirecto

Elementos do discurso

Discurso directo

Discurso indirecto

Sujeito da enunciação

1ª e 2ª pessoa

3ª pessoa

Tempo e modo verbal

Presente

Imperfeito

Pretérito perfeito

Pretérito mais-que-perfeito

Futuro

Condicional

Imperativo

Imperfeito do conjuntivo

Advérbios de tempo e lugar

Aqui

Acolá, naquele lugar

 

Hoje

Naquele dia

(...)

Este

Aquele

 

Nossos

Seus